Faculdade Piaget

Últimas Notícias

Fique por dentro de todas as notícias da FACULDADE PIAGET

Faculdade cria novo canal de comunicação com a Ouvidoria

Postado em 27 de março de 2015

Agora, há várias formas de levar críticas e sugestões ao ouvidor, que também presta atendimento presencial.

A Faculdade Piaget agora tem um novo serviço à disposição do seu público: a Ouvidoria.

É um novo canal de comunicação para que alunos, docentes, funcionários e a comunidade em geral possam opinar sobre atividades e serviços prestados pela instituição. O novo serviço vale, em geral, para informações, reclamações, críticas e sugestões. O professor César Augusto Calonego é quem desempenha a função de ouvidor. A Ouvidoria está instalada em sala própria no primeiro andar do prédio 5, onde o ouvidor fica à disposição para o atendimento presencial em três dias da semana, segundas e quartas das 11h30 às 12h30 e às quintas das 18h às 19h. Além disso, ele recebe informações por carta (depositada nas caixas instaladas no campus), telefone (4746-7090 ramal 220) ou Internet, pelo e-mail (ouvidor@facpiaget.com.br) e ainda na página da Piaget (www.faculdadepiaget.com.br). No site, logo no topo, de forma bem visível, há um link que direciona o internauta para um formulário eletrônico a ser preenchido e encaminhado ao ouvidor.

Professor-Cesar-A-Calonego-Ouvidor

Num primeiro momento, o ouvidor faz a análise do conteúdo. Depois, encaminha ao setor responsável. Por fim, elabora e manda uma resposta ao usuário. O ouvidor tem a função de facilitar o contato entre o usuário e a instituição e atua como moderador. “Quem recorrer à ouvidoria pode ter a certeza de que, em algum momento, está sendo ouvida pela instituição e sua manifestação não passará em vão”, disse o professor César Augusto, que também leciona no curso de Fisioterapia da Piaget.

O diferencial do serviço da Ouvidoria é que o usuário sempre receberá uma resposta. “Pode até não ser a resposta que a pessoa quer, afinal é preciso ponderar, verificar se a informação passada tem procedência ou não para então dar o encaminhamento, mas ela receberá um retorno”, explicou o professor. Daí a importância de que o usuário se identifique para o ouvidor: “Se é anônimo, não tenho como sequer enviar a responder”, frisou. A identificação, porém, é mantida em sigilo.

O professor César Augusto disse que, como é normal, reclamações são as manifestações mais comuns, mas também tem recebido sugestões e elogios. “Críticas construtivas ajudam a administração da instituição a melhorar os serviços, elas mostram se as ações implantadas estão no caminho certo”, comentou.

Como exemplo, o professor citou a abertura da biblioteca da faculdade aos sábados, no período da manhã, como uma conquista dos alunos por meio da Ouvidoria. “Era uma reivindicação coerente e foi atendida pela direção da instituição”, comentou. A biblioteca da Piaget, com mais de 5 mil livros em seu acervo, acesso à Internet e salas para trabalhos em grupos de alunos, passou a funcionar aos sábados, das 9h ao meio-dia, desde o dia 21 de março.

“É nosso papel criar mecanismos que facilitem a comunicação entre a instituição e a comunidade acadêmica. Desde a abertura da Piaget, dois anos atrás, ainda que de uma maneira informal, a diretoria sempre esteve disponível para ouvir e atender os alunos. Porém, com o crescimento da faculdade, com um número bem maior de estudantes, sentimos a necessidade de criar um setor específico para essa finalidade e com caráter oficial”, ressaltou o diretor-geral da Piaget, Marcus Rodrigues.

 

COMO FALAR COM A OUVIDORIA DA PIAGET

Ouvidor: Professor César Augusto Calonego

Atendimento presencial: toda segunda e quarta, das 11h30 às 12h30, e quinta, das 18h às 19h, sala no prédio 5, primeiro andar

Por telefone: (11) 4746-7090 – ramal 220

Por e-mail: ouvidoria@facpiaget.com.br

No site da Piaget: www.faculdadepiaget.com.br

Por carta: caixas do “Fale conosco” instaladas no campus

Share on FacebookEmail this to someonePrint this page

Receba as novidades da Piaget em seu e-mail

Powered by SumoMe

Faculdade Piaget - 2014/2015 - © Todos os Direitos Reservados | Credenciada pela Portaria nº 1.541, de 24 de Outubro de 2011