Faculdade Piaget

Últimas Notícias

Fique por dentro de todas as notícias da FACULDADE PIAGET

Curso de Contábeis presta atendimento gratuito da Declaração do Imposto de Renda

Postado em 15 de março de 2018

Serviço é gratuito. Estudantes auxiliam na elaboração da declaração, bem como tiram dúvidas sobre o processo legal ou referentes à plataforma de auxílio online. 

Todo ano é aquele sufoco: os contribuintes têm de juntar a papelada e fazer a Declaração do Imposto de Renda. Há quem prefere recorrer aos serviços de escritórios de contabilidade, mas tem também quem arrisca fazer todo o procedimento por conta própria, no computador. Para aqueles que têm dúvidas ou não dispõem de recursos para custear o serviço, alunos dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração da Faculdade Piaget, em Suzano, prestarão atendimento gratuito. O serviço será realizado todas as segundas-feiras, das 16h às 18h, já desde o dia 12/03, e também em três sábados (24/03, 14/04 e 28/04), das 8h às 12h.

Deve declarar o Imposto de Renda neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2017. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado. O prazo foi aberto no dia 6 de março e termina em 30 de abril.

A instituição de ensino conta com o Núcleo de Apoio Fiscal (NAF) da Receita Federal instalado no campus. Nele, estudantes do curso de Ciências Contábeis e de Administração ajudarão na elaboração da declaração, bem como irão tirar dúvidas sobre o processo legal ou referentes à plataforma de auxílio online, entre outras questões relacionadas ao Imposto de Renda. “Os serviços são realizados pelos alunos sempre com a supervisão de professores. Este é o terceiro ano que a Piaget presta o atendimento gratuito à comunidade”, comentou o professor e coordenador dos cursos de Contábeis e de Administração, Paulo Eduardo Ribeiro.

Interessados deverão comparecer ao campus da Piaget, no Jardim Imperador, com a última declaração realizada, comprovante de entrega, informe de rendimentos referentes à declaração atual e os comprovantes do período.

 

Multa

A expectativa da Receita Federal é de que 28,8 milhões de contribuintes entreguem a declaração, 340 mil a mais do que o registrado no ano passado (28,5 milhões). O contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo fica sujeito ao pagamento de multa de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo, correspondente a 20% do imposto devido. As empresas tiveram até o dia 28 de fevereiro para entregar aos seus funcionários o comprovante de rendimentos do ano passado – documento necessário para fazer a declaração do Imposto de Renda de 2018.

 

 

SERVIÇO:

 

Atendimento Gratuito da Declaração do Imposto de Renda 2018 na Faculdade Piaget

 

Quando:

Todas as segundas-feiras (já a partir de 12/03), das 16h às 18h, e nos sábados (24/03, 14/04 e 28/04), das 8h às 12h.

 

O que levar:

– Cópia da declaração do IR do ano passado, impressa, arquivada na memória do computador, gravada em CD ou em pen drive;

– Cópias de recibos/notas fiscais fornecidos a pacientes/clientes (no caso de autônomos);

– Livro-caixa, no caso de autônomos;

– Informe de rendimentos do INSS (no caso de quem recebe benefícios previdenciários) ou de entidades de previdência privada;

– Informes de rendimentos financeiros fornecidos por bancos;

– Informes de pagamento de contribuições a entidades de previdência privada. É preciso nome e CNPJ da entidade;

– Recibos/carnês de pagamento de despesas escolares dos dependentes ou do próprio contribuinte. É preciso nome e CNPJ dos estabelecimentos de ensino;

– Recibos de aluguéis pagos/recebidos em 2017;

– Nome e CPF dos beneficiários de despesas com saúde, como médicos, dentistas e psicólogos;

– Nome e CNPJ dos beneficiários de pagamentos a pessoas jurídicas, como hospitais, planos de saúde, clínicas de exames laboratoriais, entre outros;

– Nome e CPF dos dependentes a partir de 8 anos de idade;

– Nome e CPF de ex-cônjuges e de filhos para comprovar o pagamento de pensão alimentícia;

– Documento de compra e/ou venda de veículos em 2017, além de marca, modelo, placa e nome e CPF/CNPJ do comprador ou do vendedor;

– Documentos sobre rescisões trabalhistas, com valores individualizados de salários, férias, 13º salário, FGTS, entre outros.

– Dados do empregado doméstico com os recolhimentos das contribuições ao INSS. É preciso nome, CPF e NIT do empregado e o valor total pago em 2017.

OBS: É importante salientar que os documentos relacionados são necessários caso o contribuinte tenha utilizado algum desses serviços, caso contrário basta apresentar os comprovantes que dispõe.

 

Onde: NAF – Núcleo de Apoio Fiscal da Receita Federal no campus da Faculdade Piaget, na Avenida Mogi das Cruzes, 1001, Jardim Imperador, em Suzano.

 

Mais informações: (11) 4746-7090.

 

 

IR 2018 – SAIBA MAIS

 

Quem deve declarar?

 

  • Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2017. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado.

 

Também deve declarar:

 

  • Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;
  • Quem obteve, em qualquer mês de 2017, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Quem teve, em 2017, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • Quem tinha, até 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2017.

foto naf

Share on FacebookEmail this to someonePrint this page

Receba as novidades da Piaget em seu e-mail

Powered by SumoMe

Faculdade Piaget - 2014/2015 - © Todos os Direitos Reservados | Credenciada pela Portaria nº 1.541, de 24 de Outubro de 2011